Mudança de apartamento: saiba como proceder

Como proceder em caso de mudança de apartamento?

O dia da mudança deve ser bem planejado para evitar mais transtornos do que o normal seja para o morador e também para o síndico. É sempre uma situação complicada deixar este trabalho sob os cuidados de pessoas desconhecidas. Mas, para o síndico é bem diferente, pois tem que lidar com toda a logística que um condomínio necessita.

Para que a mudança seja feita de forma tranquila e eficiente, é preciso que o morador que esteja de mudança, seja pra sair ou entrar no condomínio, se informe das regras para mudanças existentes no condomínio previsto no Regimento Interno. A forma de lidar com mudança varia de condomínio para condomínio. Cada um estabelece as suas próprias regras de acordo com a infraestrutura e o porte do condomínio. Por exemplo, existem condomínios que aceitam mudanças durante a semana, já em outros não, ficando somente para o fim de semana.

Quando o morador já tiver o conhecimento necessário das regras para a mudança, a dica é acionar o síndico ou administradora de condomínio, porteiro e zelador do condomínio, com antecedência mínima de uma semana, para a realização do agendamento da mudança, evitando assim duas mudanças no mesmo dia. Para serviços complementares como a necessidade de passar determinados móveis pela janela através de guincho, é preciso que o síndico ou a administradora de condomínio seja avisado no mesmo dia da realização do agendamento da mudança.

Outra dica é o acompanhamento de toda a mudança por um funcionário do condomínio para evitar problemas ou desacato das regras do condomínio. E também é bom o morador ficar atento quanto à documentação necessária no dia da mudança. Existem condomínios que exigem contrato de compra do imóvel e para os casos de locação, o contrato de locação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *