Como utilizar corretamente o sistema de segurança em seu condomínio

Como utilizar corretamente o sistema de segurança em seu condomínio

A segurança é um item fundamental em condomínios e a procura por equipamentos de qualidade só aumenta. Quando se pensa na instalação de circuitos internos de TV, cercas elétricas e outros itens relacionados é preciso estar atento também quanto à legislação vigente em seu estado sobre quais os tipos de equipamentos adequados, a potência a serem utilizadas em cercas elétricas, quais as regras para o monitoramento etc.

Em condomínios existem as áreas que devem ser monitoradas a todo tempo como portarias e garagens. Nesses locais devem conter os equipamentos com alta resolução em imagem. Outras áreas do condomínio como elevador e hall também merecem uma atenção especial em seu monitoramento.

As áreas do condomínio como salões de festas, áreas de churrasco, playgrounds etc. são locais que sofrem danos devido a grande quantidade de pessoas em confraternizações variadas, e em caso de problemas o constrangimento pode ser ainda maior. Para estes espaços, o ideal é manter apenas câmeras gravando as imagens e que elas só sejam acessadas em casos extremos de necessidade.

Já os banheiros, vestiários, saunas e piscinas são áreas que não podem ser filmadas. O motivo é garantir a privacidade dos moradores que utilizam esses espaços.

Para garantir a segurança dos moradores e do condomínio evitando exposições de imagem em redes sociais, por exemplo, e também para garantir a qualidade dos serviços prestados, o ideal é escolher uma empresa especializada no assunto e que tenha boas referências no mercado de segurança.

É importante lembrar que todo o condomínio deverá ser sinalizado sobre os itens de segurança. Para o caso das câmeras, é importante lembrar que o morador ou visitante está sendo filmado e para o caso das cercas elétricas, deve estar especificado a voltagem que a mesma abriga e o risco de acidentes em caso de contato. Isso ajuda a evitar acidentes e constrangimentos entre moradores, funcionários e visitantes.

Para aqueles moradores que desejam solicitar as imagens das câmeras de segurança, a justiça deverá ser acionada através de pedido judicial e o síndico também deverá ser comunicado sobre a decisão. Esse procedimento é uma forma de controle que o síndico possui em casos de processos judiciais futuros movidos contra o condomínio.

As imagens nunca devem ser exibidas sem autorização e nas unidades de forma individual. O único acesso que os moradores poderão ter é somente as câmeras principais, que são as da garagem e da portaria do condomínio.

Os condomínios em todo Brasil devem ficar atentos quanto à legislação em vigor, pois elas podem variar de acordo com cada estado e município. Para que o condomínio não tenha problemas relacionados à segurança e a constrangimentos, o ideal é a utilização dos equipamentos instalados sempre com consciência e cautela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *