Aluguel e instalação de antenas no topo de um condomínio

Contratação de administradoras de condomínios: o que fazer para evitar danos ao condomínio?

Para realizar a contratação de uma boa administradora de condomínios é preciso verificar diversas informações a respeito da atuação da empresa no mercado e também tomar alguns cuidados para evitar possíveis desvios financeiros por parte dela.

No momento de contratação de uma administradora de condomínios é preciso verificar se existe alguém que foi lesado pela empresa a ser contratada com possíveis fraudes, há quanto tempo à administradora de condomínio atua nesse mercado verificando assim a sua credibilidade perante outros condomínios atendidos por ela. O mais comum é que o síndico faça um levantamento dos condomínios atendidos pela administradora de condomínios e se possível, realizar uma visita para confirmar as informações.

Outro ponto que deve ser levado em consideração são as informações da administradora de condomínios em órgãos governamentais como Receita Federal, INSS e outros que julgar necessário para evitar possíveis problemas com contratação de funcionários e danos financeiros ao condomínio com processos judiciais trabalhistas. O condomínio pode solicitar também outras informações sobre a condução da administradora de condomínios pelos seus sócios e quais são suas funções diante da empresa. Verificações sobre movimentações bancárias e registros em entidades do setor também são fundamentais.

Quando, enfim, a administradora de condomínios já estiver contratada pelo condomínio é preciso também estar atentos a certas atitudes da empresa. A prestação de contas é um item fundamental e ela deve ser encaminhada sem atrasos e a cada trinta dias. O síndico não deve deixar passar nenhum dado em branco e questionar possíveis erros a administradora de condomínios. Outro ponto importante é a verificação dos pagamentos das contas do condomínio, se eles estão sendo feitos de forma e em prazo correto. O síndico deverá exigir também da administradora de condomínios as
certidões negativas relacionadas ao FGTS e ao INSS e ficar atentos a possíveis reclamações de colaboradores, como atrasos no salário e falta de pagamento de benefícios.

Todas estas dicas ajudam a evitar possíveis transtornos ao condomínio como ações judiciais trabalhistas e também tributários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *