Direitos‌ ‌e‌ ‌deveres‌ ‌do‌ ‌serviço‌ ‌de‌ ‌ Administração‌ ‌de‌ ‌Condomínio‌

Direitos‌ ‌e‌ ‌deveres‌ ‌do‌ ‌serviço‌ ‌de‌ ‌ Administração‌ ‌de‌ ‌Condomínio‌

Quando pensamos nos direitos e deveres do serviço de administração de condomínio, é comum encontrarmos algumas dúvidas.

Afinal, não é raro que pessoas confundam quais são as tarefas do síndico e quais são as tarefas da administradora.

Para ajudar a entender o papel de cada uma dessas frentes de atuação, decidimos criar um conteúdo contemplando a administradora de condomínio e suas funções.

Continue a leitura.

Quais são os direitos e deveres do serviço de Administração de Condomínio?

Antes de começar a atuar em uma administradora de condomínio, é necessário saber quais são seus direitos e deveres durante a prestação de serviço.

Para os negócios que estão a pouco tempo no mercado e ainda são um pouco inexperientes, não é raro encontrarmos administradores que se confundem com síndicos, e acabam abraçando responsabilidades que não são suas.

Pensando nisso, decidimos pontuar quais são os direitos e deveres do serviço de administração de condomínio, e como atuar da melhor maneira possível.

Funções básicas do administrador de condomínio

O administrador de condomínio atua em diversas frentes: financeira, recursos humanos, administrativa e jurídica.

Antes de começarmos a falar especificamente de cada uma delas, vamos pontuar quais são as funções básicas do administrador:

  • pagar e organizar as despesas mensais do condomínio;
  • organizar documentos e arquivos de prestação de contas;
  • gerenciar a conta corrente;
  • gerenciar o fundo de reserva;
  • gerenciar as obrigações fiscais;
  • gerenciar as obrigações contábeis;
  • montar balancetes e demonstrativos de despesas e receitas;
  • assessorar o síndico, sempre que necessário, sobre questões contábeis, trabalhistas, judiciais e financeiras;
  • emitir boletos para cobrança da taxa condominial;
  • elaborar folha de pagamento dos funcionários do condomínio;
  • elaborar contratos de trabalho para novos funcionários do condomínio.

Funções da administradora de condomínios na área financeira

A administradora de condomínio é responsável por atuar em vários detalhes do setor financeiro. É preciso estar ciente de cada uma das tarefas para não deixar nenhuma pendência. 

São elas:

  • organizar e cuidar das contas a pagar;
  • ter controle de pessoas inadimplentes no condomínio, cobrando e desenvolvendo relatórios sempre que necessário;
  • elaborar os demonstrativos de despesas e receitas do condomínio;
  • gerenciar de forma estratégica o fundo de reserva do condomínio;
  • caso o condomínio opte pela conta pool, é papel da administradora cuidar da conta;
  • fornecer apoio na previsão orçamentária;
  • fornecer apoio na prestação de contas.
Funções da administradora de condomínios na área de recursos humanos

Funções da administradora de condomínios na área de recursos humanos

Na área de recursos humanos, a administração de condomínios precisa ser bem efetiva. Afinal, como dito anteriormente, é ela quem irá elaborar contratos e lidar com determinadas questões da contratação de funcionários.

Para evitar problemas nas obrigações trabalhistas, as administradoras atuam como:

  • responsáveis por elaborar a folha de pagamento dos funcionários do condomínio;
  • desenvolvimento e armazenamento dos contratos de trabalho;
  • gestão de pagamento de encargos previdenciários.

Existem, ainda, situações em que a administradora fica responsável pela seleção de possíveis novos colaboradores, contratação dessas pessoas e treinamento para a execução do trabalho. No entanto, essas tarefas são consideradas adicionais, e podem aumentar o valor do contrato.

Funções da administradora de condomínios na área administrativa

Na área administrativa, existem outras tarefas que precisam ser consideradas pela administradora:

  • emissão e envio de boletos para cobrança da taxa condominial;
  • organização da pasta de prestação de contas;
  • organização dos documentos do condomínio;
  • cumprimento das obrigações fiscais;
  • cumprimento das obrigações contábeis.

Funções da administradora de condomínios na área jurídica

Por último, mas não menos importante, existe a atuação das administradoras de condomínio no setor jurídico. A administradora é responsável, nesse caso, por oferecer assistência jurídica para os síndicos sempre que for necessário.

O suporte jurídico oferecido é realizado em casos de inadimplência, por exemplo.

Como comunicá-los de forma eficiente?

Como comunicá-los de forma eficiente?

Para que a administradora de condomínios consiga atuar sem problemas, é necessário comunicar corretamente para os síndicos e moradores quais são suas responsabilidades e em quais áreas ela pode atuar diretamente.

Uma comunicação eficiente consiste em:

  • deixar claro quais são os direitos e deveres do serviço de administração de condomínios;
  • comunicar para o síndico da melhor forma possível;
  • deixar claro para os moradores e funcionários quem é responsável por cada parte do processo;
  • utilizar ferramentas diversas, como e-mail, whatsapp, cartazes e um manual de boas práticas.

Saber quais são os direitos e deveres do serviço de administração de condomínio irá te ajudar a melhorar a sua performance e entregar muito mais valor para os seus clientes.

Uma vez que você possui uma comunicação eficiente e assertiva, deixando claro quem é responsável por cada uma das tarefas, é mais fácil conseguir conquistar a confiança dos síndicos, moradores e funcionários e, a partir daí, executar seu serviço da melhor maneira possível.Quer aprender sobre como organizar a sua rotina e manter as suas tarefas em dia? Veja como a plataforma da Condobox pode te ajudar a otimizar o dia a dia e manter todas as demandas em dia, sem stress!

Gostou do texto? Não gostou? Comente abaixo!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *