Gestão condominial: Novas Tendências

Durante um tempo, a gestão de condomínio era feita por algum morador que realizava as tarefas em troca de isenção da taxa de condomínio e na maioria das vezes, não possuía conhecimento técnico o suficiente para realizar uma boa administração.

Hoje, esse perfil mudou bastante, principalmente pelo fato de existirem cada vez mais apartamentos dentro dos condomínios e consequentemente o cada vez mais tarefas a serem realizadas. Com esse novo perfil condominial, a necessidade de contratação de uma administradora de condomínios se torna real.

E qual é o papel da administradora de condomínio nesse novo cenário? Ela auxilia o sindico profissional na organização da parte administrativa e também na parte jurídica, possibilitando a ele realizar as outras tarefas do condomínio com mais tranquilidade e com mais foco nas reivindicações feitas pelos moradores.

Outro processo importante para acompanhar a administradora de condomínio e também o sindico profissional são os sistemas de gestão condominial. Sua função é manter todos os dados do condomínio, como prestação de contas, registros de pagamentos de funcionários, despesas extras, informações coletadas em reuniões de condomínios etc. registrados de uma forma segura e organizada. Ou seja, é uma forma de ganhar tempo e eficácia na gestão do condomínio.

A procura por sistemas de gestão de condomínios vem ganhando cada vez mais espaço nos condomínios em todo o Brasil e fazendo com que as administradoras de condomínio invistam em melhores serviços para os seus condôminos.

Para a contratação dos serviços de administração de condomínio e também do sistema de gestão condominial é preciso levantar os custos e os benefícios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *